The Beauty of a Iyawo’s Initiation in Candomblé – A Translation

Oh, if you knew how beautiful it is to watch your gestation in the uterus (honko) of the ile, in your simplicity of white, seeing your initiation and being born into the religion.  Giving you food, your bath, everything at the right time, sleeping with you to protect you during the night. 

Oh, iyawo, if you knew how beautiful it is to accompany your Orixá’s first ila… If you knew how beautiful it is giving you your jewels – your kele, your mokan, the beads of your Orixás, your umbigueira, your arms adorned with contra-egun.

iyawo

Credit: Pierre Verger

Oh iyawo you’re going to grow strong, soon comes your first obligation, that of 1 little year, then the third, the fifth and quickly arrives the [obligation] of 7 years, when your path in life will be handed over to you.  It comes so fast, it passes so fast, that you have to take advantage of each experiential opportunity in the terreiro to learn so many things with your egbomis, the ogans, the ajoyes, and your priest,  There are so many things that you’ll need to know in the religion, that sometimes seven years aren’t enough.  You’re going to need more.  If at times your elders or priest lose patience and [bicker] with you, understand that you’re a child, and at times children like to get into everything, are disobedient, naughty, stubborn, but the correction is always for your own good, for your growth.

So, if your path is to become a priest, don’t rush, let your Orixá guide you, let them decide when and who your first godchild will be.  Maybe you’ve already forgotten how much work it takes to raise a iyawo, how much responsibility a priest has to have, because he will forever be a father – and of many [god]children at the same time.  If you are going to become an egbomi, your life will be much more calm, you’ll stay in your priest’s house, but that doesn’t mean you’ll have less responsibility; you’ll become the BIG BROTHER, who will serve as an example, who will guide younger siblings by the hand, who will help and teach the new iyawo, keeping the ile of your priest alive – your ile.

Iyawo, without you Candomblé dies.  Without you, the religion has no future.

Iyawo, you’re our continuation.  It’s you who will keep Orixá religion alive!

Author unknown (original text below)

See also:

Iyawo for Seven Years???

Candomblé Priesthood


COMO É LINDO A INICIAÇÃO DE UM IYAWÓ NO CANDOMBLÉ.

Ah se você soubesse como é lindo ver sua gestação no útero (honkò) do Ile, na tua simplicidade do branco, ver sua iniciação e seu nascimento para a religião. Te dar de comer, dar banho, tudo com hora certa, dormir contigo para velar por você durante a noite.

Ah Ìyawo, se você soubesse como é lindo acompanhar o primeiro Ilá de seu Orisa… Se você soubesse como é lindo, lhe entregar suas joias, que são seu ikelé, seu mokan, as contas de seus Orixás, sua umbigueira, seus braços adornados com seus contra-egun.

Ah Ìyawo você vai crescer forte, logo vem sua primeira obrigação, a de 1 aninho, depois a de três, de cinco e rapidinho chega a de 7 anos, quando seu caminho na vida lhe será entregue. Chega tão rápido, passa tão rápido, que você tem que aproveitar cada oportunidade de sua vivencia no terreiro para aprender tantas coisas com seus Egbomis, os Ogãn, as Ajoyes, e seu Zelador. São tantas coisas, que você vai precisar saber dentro do culto, que às vezes sete anos não bastam. Vai ser preciso mais. Se às vezes seus mais velhos ou seu Zelador perderem a paciência e brigarem com você, entenda, você é uma criança, e às vezes crianças são xeretas, desobedientes, travessas, teimosas, mas a correção sempre será para seu bem, para o seu crescimento.

Então se o seu caminho for para ser Zelador, não se apresse, deixe que seu Orisa te guie, deixe que ele decida quando e quem será seu primeiro filho. Talvez você já tenha se esquecido de quanto trabalho dá para se criar um Ìyawo, de quanta responsabilidade um Zelador tem que ter, pois para sempre, ele será pai e de muitos filhos ao mesmo tempo.
Se você se tornar um Egbomy, sua vida será mais tranquila, você ficara na casa de seu Zelador, mas nem por isso terá menos responsabilidade, você se tornará um IRMÃO MAIS VELHO, que servirá de exemplo, que guiara pelas mãos os mais novos, que ajudará a ensinar os novos Ìyawo, mantendo vivo o Ile de seu Zelador, o SEU Ile.

Ìyawo, sem você o Candomblé morre, sem você a religião não terá futuro.

ÌYAWO, VOCÊ É A MINHA, A NOSSA CONTINUAÇÃO, VOCÊ É QUE MANTERÁ VIVO O CULTO AO ORISA!
Autor desconhecido

Advertisements